Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Utilizando o tema da campanha deste ano - “No trânsito, o sentido é a vida”, programação atingiu milhares de pessoas nas ruas, escolas e empresas

Participante da Campanha Maio Amarelo - movimento mundial que marca a mobilização para a diminuição dos índices de mortes e acidentes de trânsito -, a Prefeitura Municipal de Ibiporã, por meio do Departamento Municipal de Trânsito (DTRANSITO), realizou uma série de atividades com diferentes públicos objetivando propor uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade, optando por um trânsito mais seguro.

Este ano, a sexta edição do Maio Amarelo trouxe o tema “No trânsito, o sentido é a Vida”, aprovado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e recomendado na resolução nº771, de 28 de fevereiro de 2019. A proposta é que os adultos ouçam o conselho dado por uma criança, que com sua ingenuidade e inexperiência perante a vida, tem uma percepção e absorção do que é certo e errado com mais eficácia, sem filtros.

A abertura da campanha em Ibiporã ocorreu no dia 7 de maio, com uma solenidade no Cine Teatro Padre José Zanelli. O evento contou com as presenças do prefeito João Coloniezi, secretários, motoristas da Prefeitura, do Samae, de empresas de transportes do município, vereadores, representantes de autoescolas, dos Colégios Estaduais Olavo Bilac e Unidade Polo, Associação Comercial e Empresarial de Ibiporã (Aceibi), autoridades religiosas locais, Polícia Militar (PM), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Corpo de Bombeiros e comunidade. 

O inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Wagner Stochi, palestrou sobre o tema da campanha deste ano “No Trânsito, o sentido é a Vida”. Em seguida, Roger Lacerda (Roger Pneus), que vem colaborando voluntariamente com as ações de conscientização do DTransito, deu seu testemunho como acidentado de moto, ocasião em que quase perdeu a vida.

Milhares de pessoas foram envolvidas nas ações, que contaram com o apoio da Circunscrição Regional de Trânsito (66ª Ciretran), policiais militares do 5º BPM e secretarias municipais. Segundo o diretor Departamento de Trânsito, Euller Alexandre Gualberto, cerca de 1.200 alunos dos Ensinos Fundamental e Médio de escolas públicas e particulares de Ibiporã participaram de palestras, blitze educativas, simulações de trajetos e sinalização e jogos interativos.

Uma mini cidade chegou a ser montada no Ginásio de Esportes Pedro Dias (Munhecão) em uma ação educativa envolvendo cerca de 600 alunos do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino, no período de 20 a 23 de maio. Orientadas pelos agentes municipais de trânsito, eles aprenderam como atravessar corretamente a faixa de pedestres e o significado da sinalização horizontal e vertical. “As crianças e jovens têm sido constantemente incluídos nos trabalhos de conscientização, principalmente por serem multiplicadores das boas condutas no trânsito e, também, pelo fato de que serão motoristas daqui a alguns anos. Isso mostra que Ibiporã está preocupada com a construção de um trânsito melhor hoje e no futuro, uma vez que esses jovens podem ser agentes de transformação”, pontuou Gualberto.

O DTransito também realizou uma atividade com idosos durante o Maio Amarelo. À convite da coordenadora do Centro de Convivência do Idoso (CCI), Sandra Cristina Mendes, o diretor do departamento, conversou com os frequentadores sobre o trânsito e os riscos na terceira idade, e os direitos previstos no Estatuto do Idoso e Código de Trânsito Brasileiro (CTB), tais como a reserva de vagas em estacionamentos públicos e regulamentados e a gratuidade no transporte público.

Outra atividade de destaque dentro da programação foi uma palestra sobre o tema da campanha deste ano para mais de 400 funcionários da empresa Furgão Ibiporã. A exposição foi realizada pelo diretor do DTransito. O evento também contou com a participação voluntária de Roger Lacerda (Roger Pneus). “Foi uma grande satisfação atender ao convite da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) e compartilhar com os colaboradores desta conceituada empresa de Ibiporã informações e orientações a respeito da temática. Temos realizado intensos esforços no sentido de realizar ações no âmbito da fiscalização e educação acerca da mobilidade consciente (pedestres e condutores) tendo em vista a transformação contínua do nosso trânsito, garantindo maior segurança a partir da prevenção", ressaltou Gualberto.

Maio Amarelo

Ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil, o Maio Amarelo, ocorreu simultaneamente em 27 países e 423 cidades diferentes. O mês de conscientização foi lançado em 2014 a partir da “Década de Ações para segurança no Trânsito”, ação da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre mortes no trânsito em todo o mundo.

A intenção da Organização das Nações Unidas (ONU) com a “Década de Ação para a Segurança no Trânsito” é poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundiais, cinco milhões de vidas até 2020.

De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária, os acidentes não acontecem, mas sim são frutos de escolhas inadequadas e arriscadas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que se nada for feito 1,9 milhão de pessoas devem morrer no trânsito em 2020 (passando para a quinta maior causa de mortalidade) e 2,4 milhões, em 2030. Nesse período, entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas sobreviverão aos acidentes a cada ano com traumatismos e ferimentos.

Caroline Vicentini/NCPMI

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios