Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A campanha “31 Dias para Mudar o Trânsito”, do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), fala nesta sexta-feira (06) sobre estacionamento em local proibido. Em 2015, o Estado registou 1.257 infrações por este motivo, que atrapalha motoristas, pedestres, ciclistas e ainda pode gerar colisões fatais.

O filme divulgado nas redes sociais do Detran e no site www.detran.pr.gov.br/maioamarelo conta a história de um condutor que parou por alguns minutos em um ponto de ônibus. 

“Quando a gente saiu de casa para ver o que era, tinha um ônibus parado ao lado do meu carro e uma moto no chão. O ônibus parou meio que de susto já que o ponto estava ocupado pelo meu carro. O motoqueiro não freou a tempo, bateu em cheio no ônibus e morreu”, diz o depoimento, inspirado em fatos reais. 

“Era um minutinho só que eu parei ali, um minutinho só. Mas foi tempo suficiente para matar uma pessoa”, afirma. 

INFRAÇÃO - O Código de Trânsito Brasileiro estabelece multa de R$ 85,13 e perda de quatro pontos na habilitação para quem estaciona em locais proibidos. O alerta do Detran, entretanto, é para os problemas mais graves que podem ser causados pela prática. 

“Estacionar onde não deve atrapalha a visibilidade dos outros motoristas. Dependendo de onde o veículo está estacionado, o outro condutor, tem que avançar quase até o meio da rua para poder fazer um cruzamento e é nessa hora que pode ocorrer um grave acidente”, explica o diretor geral da autarquia, Marcos Traad. 

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios