Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

As polícias do Paraná tiraram de circulação pouco mais de 91 toneladas de drogas durante todo o ano de 2014. Relatório da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária divulgado na última sexta-feira (20) demonstra que foram apreendidas 87,9 toneladas de maconha; 1,5 tonelada de cocaína e 1,5 tonelada de crack, além de 104.409 comprimidos de ecstasy e 5.099 pontos de LSD. 

Grande parte das maiores apreensões de drogas ocorreu na região da fronteira, responsável por cerca de 50 toneladas. Já em Curitiba e Região Metropolitana foram mais de 8,8 toneladas. Outras 6 toneladas foram resultado de ações policiais na área de Maringá. 

“A fronteira com o Paraguai é uma grande porta de entrada de drogas e armas que abastecem os centros urbanos do nosso País. Por isso, o Centro Integrado de Inteligência Policial, que estamos estruturando na fronteira em parceria com policiais do Rio de Janeiro, será um passo importante para evitar a passagem de substâncias ilícitas e que abastecem outros estados da federação”, afirma o secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Fernando Francischini. 

RELATÓRIO – O relatório oficial sobre apreensões de drogas da Secretaria da Segurança Pública é a publicação mais recente da Pasta e começou a ser divulgado em 2014. 

As informações que constam no documento dizem respeito a 100% dos Boletins de Ocorrências Unificados lavrados pelas polícias Civil e Militar. Dados detalhados, por cada município do Estado, podem ser conferidos na íntegra do relatório, publicado na página oficial e disponível no link (www.seguranca.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=38). 

PARCIAL – Em 2015, apenas as unidades da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) do Paraná já dobraram a quantidade de apreensões, em comparação com o início do ano passado. 

Em janeiro e fevereiro, balanço preliminar mostra que a Denarc tirou de circulação 1,1 tonelada de drogas. E, apenas em março, o volume está próximo de 5 toneladas, mesmo antes do fim do mês. Em Curitiba, os bairros como mais apreensões são Sítio Cercado, CIC e Bairro Alto. 

Em 2014, os núcleos da Denarc espalhados pelo Paraná apreenderam 2,8 toneladas de drogas. A contagem total das apreensões referentes ao primeiro trimestre do ano, com os números de todas as unidades policiais que retiraram entorpecentes de circulação, será divulgado em novo relatório da Secretaria da Segurança Pública, até o início de maio.

Agência de Notícias PR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios