Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Desde o dia 1º de Setembro, a Sercomtel passou a disponibilizar as chamadas para o número 153 da Guarda Municipal de Londrina (GM) de forma não tarifada. A mudança ocorreu em cumprimento a uma resolução da Anatel. Antes, o número era enquadrado como código de utilidade pública e tarifado como ligação local. Após a alteração, passou a ser um código emergencial gratuito. Dessa forma, a população poderá entrar em contato com a GM sem nenhum custo, tanto por telefone fixo como por celular, 24 horas por dia, todos os dias da semana.

A determinação da Anatel foi publicada no último dia 27 e é resultado da Lei nº 13.022 de 2014, que dispõe sobre o Estatuto Geral das Guardas Municipais. De acordo com o presidente da Sercomtel, Christian Schneider, Londrina é a segunda cidade do país a oferecer este serviço. O prazo para que as operadoras de telefonia fixa e móvel façam a adequação é até o dia 24 de novembro deste ano. “Isto só foi possível porque a Sercomtel é uma empresa pertencente ao município e que está constantemente atenta à sua responsabilidade social”, destacou o presidente.

O secretário municipal de Defesa Social, coronel Rubens Guimarães, solicita que, diante da gratuidade do serviço, o número 153 não seja utilizado de maneira indevida. “Mesmo com a ligação tarifada, nós recebíamos alguns trotes e ligações desnecessárias. Isso prejudica e atrapalha o serviço da Guarda Municipal, que é atender solicitações como denúncias de pichações, despejo de lixo e materiais em locais inadequados, casos para a Patrulha Maria da Penha, entre outros”, informou.

Nas ligações cuja demanda não seja de competência da GM, o secretário esclarece que estas serão registradas e encaminhadas ao órgão responsável. “Caso seja necessário, a pessoa que ligar solicitando apoio será informada de que o caso vai ser repassado para a organização correta, como as Polícias Civil, Militar ou Corpo de Bombeiros”, explicou.

Para o gerente de Convênios, Projetos e Parcerias da Guarda Municipal, Marco Aurélio Pavan, é importante que o número 153 torne-se referência para a população. “A partir de agora, graças a alteração feita rapidamente pela Sercomtel, a comunidade poderá ligar gratuitamente, a qualquer momento, para ser atendida pela GM. Isso já ocorria com o número 199, da Defesa Civil, que também é atendido pela Guarda”, afirmou.

N.Com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios