Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A Polícia Militar se reuniu com outros órgãos de segurança pública para definir o esquema de policiamento nas manifestações que acontecerão no domingo (17) nas Praças Santos Andrade, Rui Barbosa e Osório, no Centro de Curitiba. O 12º Batalhão de Polícia Militar (12º BPM), pertencente ao 1º Comando Regional da PM (1º CRPM), responsável pela área, fez reuniões com os grupos manifestantes para definir questões voltadas ao policiamento. 

Segundo o comandante do 12º BPM, tenente-coronel Antônio Zanatta Neto, a Polícia Militar foi informada de três eventos que ocorrerão no domingo: o Protesto Pró Impeachment, com concentração às 14 horas, na Praça Santos Andrade; a manifestação da APP Sindicato, CUT e do PT, na Praça Rui Barbosa, também a partir das 14h; e a Marcha da Maconha, às 15h, na Praça Osório, com deslocamento para a Praça Nossa Senhora da Salete, no Centro Cívico. 

Zanatta explica que o policiamento será reforçado a partir das 11h em toda a área central e nos pontos de encontro dos grupos e pede apoio da população. “O compromisso da Polícia Militar é que seja preservada a vida e as garantias fundamentais dos cidadãos. Pedimos para todos que respeitem as opiniões contrárias as suas”, destacou o tenente-coronel Zanatta. 

EQUIPES - O policiamento contará com o 13º BPM, 20º BPM e 23º BPM. Participam equipes da Radiopatrulha (RPA), da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), da Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam), do Serviço Reservado, do efetivo administrativo e da Companhia Giro (Grupo de Intervenção Rápida e Ostensiva). 

A segurança também contará com o helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTRan), do Regimento de Polícia Montada (RPMon), do Corpo de Bombeiros, da Guarda Municipal e da Setran (Secretaria Municipal de Trânsito). 

Também haverá apoio do Centro Integrado de Comando e Controle Regional da Secretaria de Segurança Pública e da base de comando e monitoramento móvel, com o qual será possível acompanhar o deslocamento dos manifestantes e localizar pontos que precisem de abordagem preventiva. “Também faremos patrulhamento a pé, com motos, viaturas e módulos móveis. Atuaremos respeitando os direitos do cidadão e buscando primeiramente o diálogo”, afirmou Zanatta. 

O comandante informou que, a princípio, somente os integrantes da Marcha da Maconha farão o deslocamento até a Praça Nossa Senhora da Salete, no Centro Cívico. “O itinerário planejado não cruzará com o dos outros grupos, mas estaremos atentos”, conta. 

Zanatta também pede à população que procure um policial caso veja alguma pessoa exaltada ou tumultos nas manifestações. “Queremos trabalhar com determinação e comprometimento para garantir a segurança de toda a comunidade.” 

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios