Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), da Polícia Militar do Paraná, divulgou nesta terça-feira (13) o balanço da operação Nossa Senhora Aparecida, realizada de sexta-feira (9) a segunda-feira (12). Houve queda de 27,5% no número de acidentes nas rodovias estaduais em comparação com o mesmo período do ano passado. O número de mortes caiu 42,8% e o de feridos, 57,35%. 

“Os dados positivos são reflexo do trabalho da polícia rodoviária, que intensificou as operações com ações não somente nos postos das estradas, mas também com atividades móveis”, disse o comandante do BPRv, tenente-coronel Daniel dos Santos.

Nos quatro dias de operação, os policiais rodoviários do Estado intensificaram a fiscalização e as ações de orientação. A intensificação do policiamento resultou na queda dos índices. Foram 92 acidentes de trânsito, com quatro mortos e 58 feridos, números inferiores aos do ano passado, quando houve 127 acidentes, com sete mortes e 136 feridos. 

“Os motoristas diminuíram a velocidade por conta da presença policial, cumprindo a legislação de trânsito. Assim, diminuiu a incidência de acidentes?”, disse o tenente-coronel Daniel.

Os trabalhos policiais também foram realizados na região litorânea, onde ocorreram oito acidentes com dois mortos e sete feridos. Na mesma região, no feriado de 2014, foram 12 acidentes com 15 feridos e nenhum óbito. 

Em todo o Paraná, também houve queda no número de atropelamentos (50%), de autuações (34,1%) e de testes etilométricos (48,1%) em relação ao ano passado.

Em relação às imagens por radar, nesse feriado foram registradas 1.765 imagens, menos que no mesmo feirado do ano passado, quando foram feitas 2.993 imagens. 

No Litoral, o registro de imagens por radar teve um salto de 37 no período de 2014 para 526 no deste ano. Durante as fiscalizações e abordagens, os policiais militares retiveram 65 veículos com alguma irregularidade, contra 80 em 2014.

O porta-voz do BPRv, capitão Cristiano Carrijo Gonçalves Mota, conta que das quatro mortes que aconteceram neste feriado duas foram em colisões frontais, ocasionadas por ultrapassagens mal sucedidas. “Estamos fazendo uma campanha educativa para conscientizar os motoristas a terem cuidado nas ultrapassagens e respeitarem a legislação de trânsito”, explicou o capitão Carrijo.

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios