Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Agência Notícias PR

A Polícia Militar, da Secretaria de Estado da Segurança Pública, começou segunda-feira (09) a Operação Natal, para reforçar o policiamento em todo o Paraná nesta época de grande atividade comercial. O efetivo das ruas foi aumentado com policiais militares do setor administrativo e com remanejamento de escalas de folga e de férias. Também serão desenvolvidas ações com a participação de outros órgãos de segurança pública e de fiscalização.


A Polícia Militar, da Secretaria de Estado da Segurança Pública, começou segunda-feira (09) a Operação Natal, para reforçar o policiamento em todo o Paraná nesta época de grande atividade comercial

De acordo com levantamentos da PM, em dezembro há aumento no número de furtos e de roubos, que chega a 10%, por conta da maior circulação de pessoas nas ruas e estabelecimentos comerciais e do recebimento do 13.º salário. Nesta época, também aumenta a incidência do crime chamado de “saidinha de banco” e arrombamentos de residência. As vítimas potenciais são mulheres e idosos.

O comandante do 1.º Comando Regional da PM, coronel Milton Isack Fadel Júnior, explica que a população deve tomar cuidados básicos, como não contar dinheiro na rua e carregar poucos valores. O oficial orienta a usar cartões para as compras, carregar bolsas na frente do corpo e evitar carteiras nos bolsos de trás, e ficar atento ao estacionar e trancar o carro.

“Muitos crimes ocorrem porque a pessoa "relaxa" em sua segurança, facilitando a ação de oportunistas. Na residência, se for deixar fechada, sempre pedir a um vizinho ou parente para que abra a casa, acenda e apague as luzes de vez em quando e recolha correspondências”, sugere Fadel Júnior.

OPERAÇÃO NATAL – A Operação Natal é desenvolvida em todo o Estado. Os batalhões vão adequar os dias, horário e locais das atividades conforme a necessidade da sua região. “Trata-se de uma malha de recobrimento aos batalhões de área, é um reforço”, explica o subcomandante-geral da PM, coronel Péricles de Matos.

“Estamos readequando nossas escalas de serviço, a partir das estatísticas analisadas das últimas três Operações Natal, para que possamos ativar o máximo de equipes”, conta o coronel Péricles. “Agiremos especificamente no que chamamos de polígonos vermelhos, áreas de concentração do comércio, com a presença física da viatura, dentro do princípio que chamamos de Polícia de Contato ou de Proximidade”.

As ações de trânsito também são intensificadas nesta época, devido às férias escolares, para proporcionar segurança e tranquilidade à população. As atividades desenvolvidas na Operação Natal concentram-se na ação presença, nos locais de circulação de pessoas, a área comercial central e dos bairros, sem esquecer das ações de polícia ostensiva.

Além da participação de todos os policiais militares dos batalhões, a operação também contará com o apoio da Academia Policial Militar do Guatupê (APMG), do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPec), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), do Regimento de Polícia Montada (RPMon) e do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd).

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios