Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Segurança 28/04/2017  09h23

Prefeitura lança programa de segurança

As ações devem envolver o Município, os conselhos e a comunidade na proteção do patrimônio

Para buscar uma solução aos problemas de arrombamentos e assaltos a unidades básicas de saúde (UBS) e unidades estudantis municipais em Londrina, a Prefeitura montou uma força-tarefa. Na tarde de ontem (27), representantes da Chefia de Gabinete, das secretarias municipais de Defesa Social, Saúde, Educação e Procuradoria-Geral, estiveram reunidos para traçar o Programa Segurança na Madrugada, que será lançado oficialmente até 15 de maio.

O objetivo, segundo o chefe de Gabinete, Bruno Ubiratan, foi de iniciar o plano estratégico para reforçar a segurança nos bens públicos municipais. “A Defesa Social, por exemplo, vai criar uma nova metodologia com plano de ação para dinamizar os serviços de segurança nos prédios públicos, especialmente os que são considerados mais críticos”, salientou.

As ações devem envolver o Município, os conselhos e a comunidade na proteção do patrimônio. A exemplo do trabalho proposto pela Secretaria de Educação com o Programa “Escola Bem presente”, que busca a conscientização dos londrinenses quanto a manter e preservar o espaço escolar, além de promover campanhas educativas de defesa do patrimônio público, junto aos professores, alunos, funcionários, pais, e demais integrantes da comunidade escolar.

“Com os esforços da comunidade nos ajudando neste programa, esperamos conseguir reduzir os índices de criminalidade e, ao mesmo tempo, proteger o patrimônio público que é da população de Londrina”, salientou o secretário de Defesa Social, Evaristo Kuceki.

Este estudo também pretende identificar os principais pontos críticos que deverão ser atendidos pela Defesa Social. A Procuradoria-Geral do Município estará revendo os convênios para direcionar a Guarda Municipal para atender os patrimônios públicos.

Atualmente, Londrina possui cerca de 120 unidades de educação municipal (escolas e centros municipais de educação) e 54 Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Paralelo a estas ações, o prefeito Marcelo Belinati continua coordenando os encontros com os representantes dos órgãos de segurança de Londrina com o Gabinete de Gestão Integrada (GGI), estabelecendo propostas e objetivos para aumentar a segurança pública em Londrina, não apenas dos prédios públicos, mas de toda a sociedade.

N.com

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios