Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Em Astorga, Norte Central do estado, foram presos em flagrante ontem, 13 de agosto, o presidente da Câmara de Vereadores e um assessor de comunicação do Legislativo Municipal. Os dois foram detidos em operação realizada pelo Ministério Público do Paraná, por meio do Núcleo de Londrina do Grupo Especializado na Proteção do Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa (Gepatria).

Os dois agentes públicos foram presos no momento em que estavam pagando para que um representante de organização não-governamental da cidade não denunciasse irregularidades que havia descoberto na gestão legislativa. A intenção dos dois detidos seria evitar que o caso chegasse ao conhecimento do Ministério Público.

Ascom/MPPR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios