Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Agência Estadual de Notícias / PR

Projeto desenvolvido pelo Departamento de Trânsito do Paraná (Detran/PR) regionalizou a contratação de intérpretes na Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). Isso vai permitir que motoristas e candidatos à primeira habilitação com deficiência auditiva tenham atendimento em todas as regiões do Estado, gratuitamente.

A medida deve tornar mais ágil o atendimento aos usuários, evitar o deslocamento dos intérpretes e o cancelamento de testes, devido à desistência de profissionais, que optavam por trabalhos mais próximos de Curitiba. Antes, apenas uma associação, com sede na Capital, atendia todo o Paraná.

O projeto desenvolvido pelo Departamento de Trânsito do Paraná regionalizou a contratação de intérpretes na Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) para permitir que motoristas e candidatos à primeira habilitação com deficiência auditiva tenham atendimento em todas as regiões do Estado, gratuitamente.

LICITAÇÃO – O processo de contratação foi feito por licitação, em lotes, e quatro associações já prestam os serviços à população. “Esperamos resolver o problema antigo da falta de profissionais interessados em prestar esse tipo de serviço nas cidades do interior”, diz o diretor-geral do Detran, Marcos Traad. 

A Associação Mãos Ungidas atende Curitiba, Região Metropolitana e Litoral, além das regiões de Cascavel, Francisco Beltrão, Londrina, Umuarama e União da Vitória. A Associação Geny de Jesus Souza Ribas atua na região de Ponta Grossa e Telêmaco Borba. A Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Foz do Iguaçu (Apasfi) em Foz do Iguaçu e Medianeira e a Associação dos Surdos de Maringá (Assumar), na região de Maringá e Cianorte. Para melhor atender os usuários com deficiência auditiva, o Detran também oferece o curso de Libras para os servidores da autarquia. Neste ano, foram capacitados 53 funcionários.

PROCEDIMENTO - O candidato à primeira habilitação com deficiência auditiva passa pelos mesmos processos que o candidato comum, mas conta com o auxílio de intérpretes nos exames. Para usufruir o benefício, basta solicitar a presença de um intérprete, com 15 dias de antecedência, no agendamento do serviço. 

O intérprete de Libras pode ser solicitado nas avaliações psicológica, médica, teórica, prática e no curso de reciclagem do Detran. O serviço não tem custo adicional para o usuário e todas as despesas são pagas pelo Detran.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios