Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A modelo e atriz Naty Bittencourt, que está fazendo o maior sucesso no teatro nacional, conta qual foi a personagem mais difícil de interpretar em sua carreira.

"Foi, sem dúvidas, a Helena de Tróia, na peça 'As troianas', por conta da linguagem rebuscada e toda a carga da personagem", diz ela.

A loira que é formada em Fisioterapia e faz teatro há mais de 10 anos explica também por que gosta tanto de trabalhar com o universo infantil: "Comecei a entrar nesse universo por conta do trabalho em minha empresa de recreação infantil e me apaixonei. Gosto muito de conviver com crianças, porém sou apaixonada ainda mais pelo teatro adulto. Gosto da dificuldade das personagens".

A atriz e fisioterapeuta se mudou de Brasília para São Paulo pelo sonho de trabalhar com dramaturgia e já fez algumas participações em novelas, além de todas as peças de teatro listadas abaixo:

2006: Feiurinha – Direção: Fernanda Marques

2009: O Noviço - Autor: Martins Pena - Direção: Alberto Bruno

2009: As Troianas - Direção: Marcus Vinicius e Catarina Vidal

2010: Meu querido Vitor - Autor: Rene de Obaldia - Direção: Rodrigo Motta

2010: Seda Morta (adaptação de Lágrimas amargas de Petra Von Kant) - Autor: Rainer Weiner Fassbinder - Direção: Marcus Vinicius

2011: Exercícios Rodriguianos - Autor:Nelson Rodrigues - Direção: Alberto Bruno

2012: O inglês maquinista - Direção: Alberto Bruno e Marcus Vinicius.

2013: Histórias Inesperadas da Vida(HIV): Direção: Abaete Queiroz

2014: PASsei - Autor e diretor: Abaete Queiroz

2017: República de Mulheres – Autor: Ney Ferreira e Diretor: Jorge Santoz

2018: Cabaré - Autor e diretor: Lilian Alencar

MF Press Global

Clique nas fotos para ampliar

Foto: Divulgação / MF Press Global
Foto: Divulgação / MF Press Global
Foto: Divulgação / MF Press Global

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios