Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

País aparece na primeira colocação da América Latina, dois lugares à frente do México na lista global

Os investimentos para a Copa do Mundo e para as Olimpíadas de 2016 ajudaram o Brasil a saltar 23 posições – da 51ª para a 28ª – no ranking de economias mais competitivas do turismo. O estudo elaborado pelo Fórum Econômico Mundial analisa 14 dimensões do turismo e compara 140 países. De acordo com o levantamento, o Brasil aparece na primeira posição da América Latina, dois lugares à frente do México na lista global.

“A melhoria da posição do Brasil no ranking é ainda mais significativa se considerarmos que a metodologia de avaliação ficou mais rigorosa este ano”, disse o ministro do Turismo, Henrique Alves. “Apesar do avanço, ainda há muito a ser feito, não podemos nos acomodar”, completou.

Entre os pontos fortes do turismo brasileiro, destacados pelo relatório, estão os recursos naturais, item no qual o país é o primeiro colocado no mundo. Além disso, o Brasil é o oitavo colocado no quesito recursos culturais, 15 posições acima do registrado no relatório anterior, publicado em 2013.

Entre os itens que o país evoluiu também estão infraestrutura aeroportuária (de 48º para 41º), número de estádios (de 63º para 3º), infraestrutura turística (60º para 51º) e competitividade de preços (126º para 81º). O país também se destacou devido às melhorias no ensino primário, item que saltou da 60º para a 18º colocação, com impacto positivo no mercado de trabalho.

DESAFIOS - O Fórum Econômico Mundial mostrou ainda que o país caiu em alguns quesitos. Na dimensão abertura internacional, por exemplo, o Brasil passou da 94ª para a 102ª colocação. Pesou na avaliação negativa a exigência de visto de entrada a uma parcela significativa da população mundial. Além disso, tiveram piora no desempenho os itens ambiente de negócios (queda de 119º para 126º) e segurança (queda de 73º para 104º).

Confira abaixo a lista com os 10 primeiros colocados no ranking elaborado pelo Fórum Econômico Mundial:

1) Espanha

2) França

3) Alemanha

4) Estados Unidos

5) Reino Unido

6) Suíça

7) Austrália

8) Itália

9) Japão

10) Canadá

28) Brasil

Asimp/MTur

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.