Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Mais de 500 mil estrangeiros já compraram ingressos para assistir alguma partida da Copa do Mundo no Brasil. A esses vão se somar familiares, torcedores que vêm acompanhar sua seleção mas não conseguiram ingressos, fãs que querem participar da maior festa do futebol do mundo.

Esses números, que ainda não são os finais, indicam que o número de turistas estrangeiros durante o evento deve ultrapassar os 600 mil inicialmente previstos. Nunca, na história das Copas, houve tanta procura por ingressos como esta, que acontece na nossa casa em 2014. Os brasileiros, claro, estão no topo da lista dos que estarão nos estádios.
 
O número de jornalistas credenciados também é recorde: mais de 18 mil, de 208 países. Pelo menos mais 5 mil, não credenciados, são esperados, para cobrir a festa, as torcidas, as cidades e mostrar como o Brasil está recebendo o Mundial. Serão 73 mil horas de transmissão de TV para mais de 200 países, o que equivale a um aparelho de TV ligado por oito anos. Estima-se que 46% da população mundial vai assistir a algum jogo da Copa. Durante mais de um mês, o Brasil vai ser o centro das atenções do mundo, uma oportunidade única para o nosso País e nossas cidades mostrarem tudo o que temos e construímos.
 
Todos esses números demonstram a grande magia do que é ter a Copa no Brasil - é como se o futebol voltasse para casa. Todos querem participar da festa. A Copa já é um sucesso.
 
Ricardo Gomyde é diretor de Futebol do Ministério do Esporte

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios