Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Turismo 25/09/2012  08h33

Circuito Syngenta de Viola Instrumental é atração em Londrina

Com entrada gratuita, o show acontece no teatro do Colégio Marista


Levi Ramiro

Samanta Cezarini/Asimp

Causos, música de viola e muita prosa. Aquele gostinho de encontro do interior é o que o Circuito Syngenta de Viola Instrumental vai proporcionar para o público de Londrina no dia 30 de setembro. Esta é a segunda edição do circuito, que conta com o mestre na arte do “fazer”, do “tocar” e do “contar”, o artesão e violeiro Levi Ramiro sobe ao palco no teatro do Colégio Marista Capitólio, a partir das 20h00. O ilustre convidado da noite é João Paulo Amaral, experiente violeiro e um dos nomes mais importantes da viola de dez cordas no Brasil. Juntos, os músicos fazem do show uma aconchegante prosa descontraída regada à música de qualidade.

O Circuito é uma iniciativa da Syngenta e recebe apoio do Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet. A proposta é valorizar a música regionalista e a cultura da viola instrumental, difundindo suas vertentes e dando ao público a oportunidade de assistir a espetáculos que remetem à sua própria identidade.  “Para nós da Syngenta é uma satisfação poder compartilhar com a população de Varginha um momento de valorização da cultura, especialmente da música da nossa terra”, destaca Amarildo Ament, Gerente de Fábrica da Syngenta.

Londrina é a terceira cidade a receber a temporada 2012 do Circuito Syngenta de Viola Instrumental que começou na cidade de Itápolis. Na edição anterior o circuito passou por cidades como: Vitória (ES), Paulínia (SP), São Paulo (SP), Uberlândia (MG) Campo Grande (MS), Ribeirão Preto (SP), Piracicaba (SP), Londrina (PR) e Porto Alegre (RS), sempre reunindo grandes nomes do gênero, a convite de Levi Ramiro. Para esta apresentação o violeiro de longa data presenteará o público com clássicos da viola como Tristeza do Jeca (Angelino de Oliveira) e Malandrinho (Tião Carreiro), além de suas próprias composições: Barroquinha e Vaquejada.

“Em Londrina apresentaremos um show de viola mostrando suas diversas faces, um espetáculo informal com causos e curiosidades do universo caipira e da viola”, conta Levi Ramiro. O formato mescla música e prosa, com Ramiro como anfitrião, fazendo a “ponte” entre os violeiros e a platéia, através de “causos” e histórias pitorescas envolvendo a música regionalista de raiz. “Acredito que a música feita com a viola é o grande movimento musical do Brasil atual, que mesmo paralelo à grande mídia, no fundo sem grandes pretensões, preserva a viola tradicional respeitando sua história rural brasileira e usa seu verdadeiro sotaque pra construir a música atual”, complementa o violeiro.

Levi Ramiro

Natural de Uru (SP), hoje residente em Pirajuí, o violeiro e artesão tem sua trajetória marcada inicialmente pelo violão que o acompanhou nas primeiras composições e nos primeiros festivais. A partir de 1995, adotou a viola como principal instrumento, absorvendo seu universo cultural que veio de encontro com suas raízes, motivo pelo qual ampliou sua produção musical, tanto na arte de tocar como na de fabricar o instrumento. Com base nos valores da cultura caipira e misturando elementos que formam nossa Música Brasileira, Levi Ramiro celebra em suas composições, a poesia e a simplicidade da vida interiorana. Em 2004, participou do primeiro grande Festival de Música Instrumental para Viola, promovido pela Syngenta, ficando entre os 16 finalistas.


João Paulo Amaral

Violeiro, compositor e pesquisador, João Paulo Amaral vem se destacando como um dos importantes nomes da viola de dez cordas no Brasil e exterior, tendo se apresentado em festivais na Espanha, Portugal, México e Inglaterra. 

Seu contato com a música caipira originou-se quando, ainda criança, acompanhava seu pai nas cantorias em Mogi das Cruzes, sua cidade natal. Nos últimos anos gravou CDs e participou como instrumentista e arranjador de importantes grupos no cenário da viola tais como Trio Carapiá, Conversa Ribeira e Orquestra Filarmônica de Violas. Atualmente o músico lança seu primeiro CD solo, intitulado “Viola Brasileira”.

Mais informações sobre o circuito podem ser obtidas através do site http://www.circuitosyngentadeviola.com.br.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios