Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter aprovou na quarta (10), último dia de sessões do legislativo antes do recesso, um requerimento solicitando providências para a implementação e fortalecimento da Rota do Rosário, um dos mais importantes projetos de turismo religioso do Estado do Paraná.

O requerimento é direcionado ao secretário do Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Marcio Nunes, ao secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, e aos diretores do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), João Alfredo Zampieri, e Departamento de Trânsito do Paraná (DETRAN), Vinicius Cesar Kogut.

No documento, o deputado Cobra Repórter solicita aos órgão que sejam tomadas providências como a criação, padronização e instalação de sinalização específica por vias ao longo de toda a Rota do Rosário;  a elaboração de modelos de contratos que visam formalizar parcerias com entes privados ou públicos; a criação, edição, organização e distribuição de material para promoção e divulgação da Rota do Rosário e seus atrativos; a intermediação para aproximação da Rota do Rosário com outras instituições e empresas, privadas ou públicas, de interesse para o turismo e seu desenvolvimento do Paraná, do Brasil e do Mundo e a inserção da Rota no circuito regional, estadual e nacional de eventos relacionados ao turismo e o lançamento oficialmente com divulgação do evento, após a aprovação do projeto de lei 434/2019, apresentado pelo deputado Cobra Repórter no início de junho que visa a inclusão da Rotado Rosário na rota das Regiões Turísticas do Paraná.

"O turismo religioso está em ascensão e é fundamental para o desenvolvimento das regiões, para a geração de emprego e renda nos municípios. A Rota do Rosário precisa de muita atenção do poder público, pois atrai um enorme número de turistas católicos nacionais e internacionais interessados a percorrer a Rota do Rosário do Paraná", afirmou Cobra Repórter. 

A Rota do Rosário é integrada por 12 municípios do Norte, Norte Pioneiro e do Vale do Ivaí, possuindo os seguintes circuitos temáticos: Circuito das Águas; Circuito Pé de Serra; Circuito Pioneiros; Circuito de Aventura; Circuito Terra Viva; Circuito do Agronegócio; Circuito Nipo Brasileiro; Circuito Ouro Verde; Circuito Gastronômico Cultural; Circuito de Compras; Circuito Pedagógico; Circuito Receptivo e Circuito Turismo Rural.

Indiretamente, a Rota está presente em quase 50 municípios, somando aproximadamente quase 800 mil pessoas, e busca associar e aproximar seus atrativos do turismo religioso aos demais atrativos do turismo de aventura, rural, ecológico, cultural, gastronômico e de experiência.

Meire Bicudo/Asimp
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios