Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O deputado estadual Cobra Repórter aprovou na quarta (10), último dia de sessões do legislativo antes do recesso, um requerimento solicitando providências para a implementação e fortalecimento da Rota do Rosário, um dos mais importantes projetos de turismo religioso do Estado do Paraná.

O requerimento é direcionado ao secretário do Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Marcio Nunes, ao secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, e aos diretores do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), João Alfredo Zampieri, e Departamento de Trânsito do Paraná (DETRAN), Vinicius Cesar Kogut.

No documento, o deputado Cobra Repórter solicita aos órgão que sejam tomadas providências como a criação, padronização e instalação de sinalização específica por vias ao longo de toda a Rota do Rosário;  a elaboração de modelos de contratos que visam formalizar parcerias com entes privados ou públicos; a criação, edição, organização e distribuição de material para promoção e divulgação da Rota do Rosário e seus atrativos; a intermediação para aproximação da Rota do Rosário com outras instituições e empresas, privadas ou públicas, de interesse para o turismo e seu desenvolvimento do Paraná, do Brasil e do Mundo e a inserção da Rota no circuito regional, estadual e nacional de eventos relacionados ao turismo e o lançamento oficialmente com divulgação do evento, após a aprovação do projeto de lei 434/2019, apresentado pelo deputado Cobra Repórter no início de junho que visa a inclusão da Rotado Rosário na rota das Regiões Turísticas do Paraná.

"O turismo religioso está em ascensão e é fundamental para o desenvolvimento das regiões, para a geração de emprego e renda nos municípios. A Rota do Rosário precisa de muita atenção do poder público, pois atrai um enorme número de turistas católicos nacionais e internacionais interessados a percorrer a Rota do Rosário do Paraná", afirmou Cobra Repórter. 

A Rota do Rosário é integrada por 12 municípios do Norte, Norte Pioneiro e do Vale do Ivaí, possuindo os seguintes circuitos temáticos: Circuito das Águas; Circuito Pé de Serra; Circuito Pioneiros; Circuito de Aventura; Circuito Terra Viva; Circuito do Agronegócio; Circuito Nipo Brasileiro; Circuito Ouro Verde; Circuito Gastronômico Cultural; Circuito de Compras; Circuito Pedagógico; Circuito Receptivo e Circuito Turismo Rural.

Indiretamente, a Rota está presente em quase 50 municípios, somando aproximadamente quase 800 mil pessoas, e busca associar e aproximar seus atrativos do turismo religioso aos demais atrativos do turismo de aventura, rural, ecológico, cultural, gastronômico e de experiência.

Meire Bicudo/Asimp
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.