Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Estudo do Ministério do Turismo mostra que a região ultrapassou o Sudeste na intenção de viagem do brasileiro, pela primeira vez no ano, ficando atrás apenas do Nordeste

Asimp/MTur
 
A Região Sul ultrapassou a Região Sudeste e passou a ocupar a segunda posição entre os destinos preferidos dos brasileiros. É o que revela uma pesquisa do Ministério do Turismo, realizada em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. O Nordeste se mantém líder com 40,1%, seguido pelo Sul com 23,3%, Sudeste 21,7%, Centro-Oeste 8,3% e Norte 6,6%. Este ano, foi a única vez no ano que o Sul ultrapassou o Sudeste.
 
A última Sondagem do Consumidor
 
Intenção de Viagem, de dezembro, monitora a intenção de viagem do brasileiro pelos próximos seis meses, o que inclui períodos de alta temporada como as férias de Janeiro, o Carnaval e o período de Copa do Mundo. De acordo com o estudo, 23,3% dos viajantes em turismo pelo Sul virão de outras regiões do país.
 
De acordo com a pesquisa, realizada mensalmente em Brasília, Salvador, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre e Belo Horizonte, mais de 37% dos entrevistados pretendem viajar nos próximos seis meses pelo Brasil e exterior, o maior índice do ano.
 
O percentual de interessados em destinos nacionais também foi recorde anual: 76,2% frente aos 22% que devem desembarcar em outros países. A pesquisa, realizada em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, mostra também que 53,2% dos entrevistados pretendem viajar de avião. Em dezembro de 2012 eram 43,7%. O segundo meio de transporte mais utilizado será o automóvel, com 35%, e o ônibus, com 7,8%.
 
A maioria dos entrevistados (48%) pretende hospedar-se em hotéis e pousadas e uma parcela menor (39,8%) afirma preferir casa de parentes e amigos.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.