Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Bento Gonçalves possui 20 esculturas de grande porte, criadas por artistas de diversos países em duas edições do Simpósio Internacional de Escultores e, agora, criará um parque para expor todas elas no roteiro turístico que já leva o nome da matéria prima das obras: a pedra

Vânia Monteiro/Asimp

Foram concluídas no domingo (20), em Bento Gonçalves (RS), as esculturas em pedra basalto realizadas por dez renomados escultores internacionais. As obras, com valores incalculáveis, foram esculpidas durante 17 dias, num ateliê a céu aberto, no II Simpósio Internacional de Escultores, promovido pelo Instituto Tarcísio Michelon e financiado pela Lei de Incentivo Cultural da secretaria da Cultura do Estado do Rio Grande do Sul. Com a finalização dessa segunda edição do evento, serão agora 20 obras que ficarão expostas num Museu Livre no município, localizado na Serra Gaúcha, onde outros dois roteiros turísticos recebem cerca de um milhão de visitantes ao longo do ano, Caminhos de Pedra e Vale dos Vinhedos.

Com o tema “A pedra revelando a alma do artista”, cada escultor trabalhou, desde o último dia 04, em um bloco de pedra, escolhido em uma pedreira da região, pesando uma média de cinco toneladas cada. Diariamente, oito escultores e duas escultoras se dedicavam por aproximadamente 12 horas lapidando, desbastando, aparando as arestas, lixando até seus pontos mais profundos e polindo para revelar a alma daquele bloco bruto, em sintonia com a alma do artista.
 
A arte é uma linguagem universal

A emoção marcou o último dia, tanto dos escultores quanto da equipe que conviveu durante três semanas com pessoas de culturas tão diferentes. Inglês, francês, italiano, espanhol, coreano, hebraico, sérvio e português. Tantos idiomas e uma linguagem única e universal: a arte.
 
Eram leigos e apreciadores de arte. Crianças, jovens e adultos. Estudantes e profissionais renomados. Turistas e a comunidade. Todos que visitaram o evento se encantaram e, quando possível, retornaram. Tarcísio Michelon, presidente da entidade que realiza o evento, o Instituto Tarcísio Michelon foi o primeiro a se pronunciar e emocionou  os presente. “É demais pro coração da gente. Pra sempre ficará esta semente que produzirá frutos. Exemplo para os incontáveis escultores que surgirão, uma homenagem aos herois que construíram Bento e cultura para todos que visitarem nosso parque de esculturas nos Caminhos de Pedra”, falou Tarcísio.
 
Autoridades políticas e escultores também deixaram sua mensagem, mas o que mais emocionou os escultores foi um vídeo de 12 minutos, produzido por Angela Martins e Duda Rocha, com uma declaração de cada um dos escultores e um resumo do árduo trabalho de cada um deles, ao longo dos treze dias que estiveram criando suas obras, visto que, o video foi finalizado antes da entrega das esculturas. Olhos se encheram de lágrimas e a emoção marcou o momento.

Antes do jantar, o momento mais esperado. O juri, composto pelo superintendente executivo do Instituto Moreira Salles, Antonio de Franceschi, o fundador e diretor-geral do Projeto Portinari, João Cândido Portinari, o gestor executivo Pró-Cultura – RS, Rafael Cramer Balle, e o jornalista Túlio Milman, a divulgação do resultado. Em 1º Lugar – Tanya Preminger – Israel/Rússia, em 2º Lugar – Chan-Kab Park – Coreia do Sul e 3º Lugar – Aquiles Jiménez – Costa Rica. O júri também entregou o prêmio revelação para Alceo Luiz de Costa – Brasil e o prêmio menção honrosa para Jean-Claude Lambert – França.

A diretora do Instituto Tarcísio Michelon e produtora executiva do projeto, Angela Martins, garantiu que os trabalhos para a próxima edição já começaram no instante em que o mestre de cerimônias transmitiu aos presentes a mensagem da organização “Quem trabalha com arte, está mais próximo de Deus”.

Para quem não conseguiu prestigiar o evento, as obras continuam expostas na Rua Dr. Rolando Gudde (próximo à Casa das Artes), no Bairro Planalto, em Bento Gonçalves, RS, até o próximo dia 25/10, sexta-feira.
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios