Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ascom/ Mara Mercuri

Desnuda de rótulos, a cantora Daniela Mercury estreia novo show no SESC Pinheiros, em São Paulo. "Compor é se mostrar, se despir pro mundo", diz Daniela. O show mostra Daniela compositora, a artista que muita gente ainda não conhece. São canções gravadas em seus 14 álbuns ao longo dos 20 anos de carreira. O show Pelada tem ainda poesias e mostra a Daniela Mulher, cidadã, militante social, apaixonada pelo Brasil, apaixonada pela vida e pela cultura negra. Durante o espetáculo, Daniela conta histórias para o publico, fala sobre o país e dá um show também de bom humor e, claro, de muito bom gosto com músicas autorais. “É a Daniela intérprete revelando a Daniela compositora”, conta a cantora.

Pelada com sua voz e suas próprias canções, com novos arranjos e 5 músicos, sem bailarinos, Daniela canta o amor com seu "Castelo Imaginário", "Tem amor", "Sem Querer" e "Ata-me". A cantora mostra ainda sua negritude em "Dara" e "Canto da Cidade". Com a canção "Geração Perdida", música do álbum Canto da Cidade, Daniela faz parte da geração que "ressuscitou sem morrer " da ditadura política Brasileira e em Sol da Liberdade ela canta além da liberdade, a democracia. Pelada é um Show único, que vai marcar a história dessa artista brasileira vestida de coragem e ousadia.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.