Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Maratona foi realizada totalmente on-line entre sexta-feira (7) e domingo (9).

Durante o fim de semana, muitos dos 78 participantes do 5º Hackatour Cataratas passaram as noites em claro para se dedicarem totalmente à maratona que tem como objetivo a busca por soluções inovadoras para o setor turístico. A edição deste ano teve recorde de inscritos e foi realizada totalmente on-line, sob a organização do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) e De Angeli Eventos e Empreendimentos, com a parceria estratégica da UniAmérica, Sebrae Paraná e Governo do Paraná.

Após acompanharem palestras, webinars e mentorias, as doze equipes (formadas por designers, programadores, analistas de sistemas, engenheiros, empreendedores, acadêmicos e demais interessados na temática) entregaram projetos dos mais variados, envolvendo, por exemplo, aplicativos, sites e plataformas virtuais dentro da temática “Destinos Turísticos Inteligentes”.

De acordo com a coordenadora do Hackatour Cataratas, Elaine da Luz, o evento mesmo não sendo presencial teve resultados positivos. “A interação entre eles, mesmo que no formato 100% online, foi muito alta e gratificante. Além de criarem essa oportunidade de networking com a área da inovação, empreendedorismo e tecnologia, eles tiveram a oportunidade de entender um pouco da área de turismo e sobre a criação de startups”, destacou.

Todos os projetos submetidos serão avaliados por uma banca de especialistas, que vai analisar diversos aspectos da solução, como criatividade, aplicabilidade e viabilidade de execução. A lista de finalistas será divulgada nesta quinta-feira (13), e na sexta-feira (14), às 14h as equipes premiadas serão anunciadas durante uma live nas mídias sociais do evento.

Mentores satisfeitos

Para ajudar as equipes no processo de transformação das ideias em negócios, o Hackatour Cataratas 2020 contou com um time de 30 mentores especialistas em áreas como marketing, turismo, gastronomia, programação, designer, engenharia e negócios, entre outras.

Claudio Alexandre de Souza, mentor desde a primeira edição, pontuou que o evento se adaptou bem ao formato totalmente virtual. “Várias ferramentas para organização, controle, webinars, reuniões, interação e mentorias on-line foram utilizadas e observou-se que vários padrões de comportamento inerentes aos seres humanos se repetem mesmo no ambiente digital”. Já o programador Fabiano Neumann ressaltou que durante a experiência conseguiu “contribuir com reflexões tanto para as equipes de primeira viagem, com intenção de aprender mais sobre turismo, negócios e tecnologia, quanto para as equipes mais maduras, com protótipos e apresentações com certo nível de profissionalismo e intenção de criação de solução para manter após o evento”.

De acordo com Luis Poletti, “foi interessante compartilhar conhecimentos sobre MVP (Mínimo Produto Viável) durante o Hackatour. Os feedbacks foram em sua maioria positivos”. Já Luciano Freitas destacou que “ser mentor é sempre um excelente aprendizado, assim como interagir com mentes frescas com o intuito de moldar o futuro do turismo, resolver problemas existentes e criar outros problemas que nós nem sabíamos que existia”.

Premiação

Os três melhores projetos apresentados durante o Hackatour serão automaticamente selecionados para o processo de pré-incubação oferecido pelo Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), com direito a uma bolsa-auxílio no valor de até R$ 1100,00, por até dois meses, para aperfeiçoarem os seus negócios.

Durante esse período, os novos empreendedores poderão contar com uma assessoria completa oferecida pelo Parque com treinamentos e o auxílio de profissionais especializados para ajudá-los a transformarem a ideia em negócio. Além disso, eles terão a oportunidade de integrar o ecossistema de inovação do PTI-BR.

As três melhores equipes da maratona também terão direito a 10 horas de consultoria e imersão juntamente ao Sebrae Paraná, e as duas melhores receberão uma premiação em dinheiro (R$ 3 mil para os vencedores e R$ 2 mil para os vice-campeões).

Ascom/Fundação Parque Tecnológico Itaipu – Brasil 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios