Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O evento 100% online está no seu sexto ano e acontece em Foz do Iguaçu, no mês de maio. Uma maratona de desenvolvimento de soluções tecnológicas com foco em novas ideias para Cidades Inteligentes no Turismo. Inscrições abertas.

A 6ª edição do Hackatour Cataratas, com sede em Foz do Iguaçu, está confirmada para os dias 07, 08 e 09 de maio. O evento consiste numa maratona de programação de softwares voltados para o setor de turismo e tem por objetivo incentivar o empreendedorismo, divulgar a cultura das inovações e aproximar o mercado do turismo com a área da tecnologia.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo site www.hackatour.com. O valor é de R$ 50. A exemplo de 2020, o Hackatour deste ano acontecerá 100% online. Com o tema Cidades Inteligentes no Turismo, o evento tem como público-alvo desenvolvedores web; analistas de sistemas; UX designers; engenheiros; empreendedores de tecnologia; empreendedores e estudantes das áreas de turismo, hotelaria e administração.

A ideia foi lançada em 2015, durante o 10º Festival das Cataratas, um dos maiores eventos de turismo da América Latina. Baseou-se em hackathons (programar de forma excepcional e maratona), cuja disputa é focada em demandas voltadas para o setor. Além de os concorrentes disputarem prêmios em dinheiro, é uma oportunidade de negócios, interação entre profissionais, atuação em networking ou participação em um projeto colaborativo.

Diretora Técnica da Paraná Turismo, Isabela Tioqueta ressaltou que a iniciativa atende a um dos preceitos básicos do Masterplan – direcionamento estratégico Paraná Turístico 2026: pacto para um destino inteligente. Um plano estratégico criado para pensar e direcionaras ações do Estado para o turismo como um todo.

“É importante quando a gente vê propostas como essa sendo trabalhadas, que focam no desenvolvimento e criação de estratégia para que possa haver um direcionamento e crescimento econômico dos municípios, com geração de emprego e renda”, disse a diretora.

Mayara Angeli, presidente do Idestur, instituto realizador do evento, acrescentou esta edição como mais uma ferramenta para a recuperação do setor no período de pandemia. “A inovação sempre foi um diferencial importante para o desenvolvimento do turismo. Além de diferencial, tornou-se uma necessidade para recuperação do mercado. E o Hackatour Cataratas tem essa pegada. Um espaço incentivador para o surgimento de novas tecnologias”.

Ela citou, ainda, a parceria com o Parque Tecnológico de Itaipu que já consta com um case de sucesso em execução na cidade – a Vila A Inteligente –, o primeiro bairro inteligente do Brasil. “Uma experiência exitosa que tem tudo a ver com o tema do Hackatour Cataratas, deste ano”, complementou.

O PTI abriga o Laboratório Vivo de Cidades Inteligentes, onde produtos e soluções relacionados ao tema são testados e implementados em um ambiente controlado no parque.

Evento

Com sede em Foz do Iguaçu, o Hackatour Cataratas – uma complementação do Festival das Cataratas – é realizado pelo Instituto de Desenvolvimento do Turismo, Cultura, Esporte e Meio Ambiente (Idestur), UniAmérica, Startup PR, Parque Tecnológio Itaipu, Sebrae Paraná e a parceria estratégica do Governo do Paraná, por meio da Superintendência Geral de Inovação.

Conforme a programação, serão seis etapas percorridas durante a maratona: Descoberta, Ideação, Prototipação, Validação, Premiação e Aceleração. As equipes participantes deverão, em menos de três dias, desenvolver soluções tecnológicas e poderão contar com o apoio de um time especializado em diversas temáticas. Também acompanharão palestras, mentorias e webinars.

Todos os projetos serão avaliados por uma banca de especialistas, a partir da análise de diversos aspectos da solução, como criatividade, aplicabilidade e viabilidade de execução das soluções que serão entregues por meio de um vídeo de até três minutos na estrutura de um pitch e uma apresentação.

A lista de finalistas será divulgada em 12 de maio durante uma live nas mídias sociais do evento. A melhor equipe será premiada com R$ 3 mil, além de cinco livros, duas horas de mentorias business do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), cinco horas de consultoria e imersão com o Sebrae-PR e pré-incubação na UniAmérica. Os outros dois melhores times também serão premiados.

Mais detalhes estão disponíveis no regulamento do evento (https://www.hackatour.com/docs/regulamento-hackatour-2021-v1.pdf)

O 16º Festival das Cataratas acontece entre os dias 1º e 3 de dezembro, em Foz do Iguaçu.

Daniele Iachecen/Asimp

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.