Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Ministros do Turismo criam grupo de trabalho para estruturar roteiros turísticos interligados entre os países membros do bloco econômico

Asimp/MTur
 
Os participantes da XIII Reunião de Ministros de Turismo do Mercosul decidiram criar um grupo de trabalho para definir roteiros integrados entre os países membros. Brasil, Argentina e Venezuela apresentaram propostas que serão analisadas pela equipe técnica em reuniões periódicas.
 
Os primeiros roteiros são: as Grandes Quedas D"água, que compreendem o Salto Ángel, na Venezuela, e as Cataratas de Iguaçu, com Brasil, Argentina e Paraguai; e a Rota Natural, que liga Manaus a Islã Margarita. Como mote para ligar os membros do Mercosul, os representantes brasileiros sugeriram roteiros que destacam a beleza natural das praias, incluem destinos culturais e atividades de aventura e ecoturismo. A Argentina incluiu na pauta o Roteiro Turístico das Missões Jesuítas, incluindo o Brasil, o Uruguai, o Paraguai e o próprio país proponente.
 
"Temos atrativos complementares e devemos estruturar ações conjuntas para otimizar a atração de turistas, principalmente nos mercados de longa distância", comentou o ministro do Turismo do Brasil, Gastão Vieira. Além de roteiros integrados, entraram na pauta da XIII Reunião de Ministros do Turismo do Mercosul a adequação das estatísticas do setor, promoção conjunta do bloco, criação de um fundo de divulgação do Mercosul e a reavaliação do projeto de promoção turística no Japão dos países integrantes.
 
O ministro de Turismo da Venezuela, Andrés Izarra, ressaltou a importância do aprimoramento dos números do setor conforme recomendações da Organização Mundial do Turismo. “O turismo é uma das atividade que tem contribuído para o crescimento econômico mundial e melhorar os dados desse tema que é transversal a diversos setores da economia é de fundamental importância", disse.
 
A reunião dos ministros de Turismo do Mercosul antecede o encontro de presidente dos países integrantes deste bloco econômico, prevista para o próximo dia 31.
 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios