Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Professora de canto foi homenageada pela Câmara de Vereadores com a Cidadania Honorária de Londrina; iniciativa foi do vereador Gerson Araújo
 
Asimp/CML
 
A professora de canto Walkyria Ferraz, 81 anos, responsável pelo sucesso de artistas espalhados por terras brasileiras e no exterior, recebeu na última sexta-feira (24/5), durante sessão solene na Câmara de Vereadores, o título de Cidadã Honorária de Londrina. A honraria foi entregue pelo vereador Gerson Araújo (PSDB), proponente da homenagem e subscrita por mais 14 vereadores da 15ª Legislatura (2009/2012), transformando-se na Lei n° 11.464/2012.
 
Desde o início da solenidade a emoção tomou conta dos convidados que foram recepcionados pelo Grupo Chorus, responsável pela interpretação de diversas canções em homenagem a Walkyria Ferraz que entrou na sala das sessões conduzida pelas vereadoras Lenir de Assis (PT) e Sandra Graça (PP). O evento foi presidido pelo vereador Professor Rony Alves (PTB), acompanhado na mesa de honra pelo vereador Gerson Araújo; pela secretária municipal de Cultura, Solange Cristina Batigliana além da homenageada.
 
O vereador Gerson Araújo saudou Walkiria Ferraz e destacou a importância do trabalho da professora em prol da música e das pessoas, uma vez que revelou muitos talentos líricos para o Brasil e para o mundo além de auxiliar profissionais das mais diversas áreas na superação de problemas nas cordas vocais. O vereador invocou sua experiência para para valorizar o trabalho da professora e testemunhou: “Se continuo a pregar como pastor e dou aulas na universidade e hoje estou aqui falando a vocês, é graças a essa senhora. A professora Walkyria continua amando, fazendo música e sonhando, pois ela faz parte do que John Powel chamou de filhos da Bem-aventurança”, afirmou o vereador.
 
O autor da homenagem ainda citou vários autores e compositores, para demonstrar a importância da música no mundo, contexto no qual se coloca o trabalho da homenageada e ressaltou ainda o amor revelado por ela no cuidado com a família e no amor dedicado à sua profissão. “Esta é a professora Walkyria, a mais nova cidadã de Londrina”, disse Araújo.
 
Londrinense de coração
 
Coube a uma das filhas da homenageada, a também professora de música Hylea Ferraz fazer o discurso de agradecimento à Câmara pela concessão da honraria a Walkyria Ferraz, esclarecendo que transmitia fielmente as palavras escritas por sua mãe. Hylea contou que foi com surpresa e emoção que sua mãe recebeu a notícia da homenagem, mas com muita alegria, porque nasceu em Curitiba mas sempre foi londrinense de coração.
 
Hylea Ferraz revelou ainda que mais de 1.500 profissionais da voz, entre cantores, atores, políticos, jornalistas e pastores foram atendidos por sua mãe que continua se sentindo realizada no dia a dia, ensinando diferentes gerações. Walkyria Ferraz, segundo a filha Hylea, fez parcerias com o maestro Morozowicz ainda na capital do Estado e com o maestro Andréa Nuzzi, autor do Hino a Londrina, quando reiniciou seus estudos de música na década de 60.
 
Já a musicista Miriam Hosokawa, integrante do Grupo Chorus, representou os alunos da professora Walkyria durante a homenagem e muito emocionada disse que o seu aprendizado ao lado da homenageada ultrapassou as fronteiras da música e se estendeu para uma lição de vida. “Aprendi com ela que o professor de canto não faz milagre, mas cada aluno é responsável pelo seu próprio milagre. Conviver com a sua sabedoria ( de Walkyria Ferraz) me fez uma pessoa melhor, porque a senhora me ensinou a aprender a ensinar”, discursou a musicista com os olhos marejados. Ainda durante a solenidade, Hylea Ferraz interpretou o Hino Nacional Brasileiro e o Hino a Londrina, acompanhada pelo Grupo Chorus.
 
Biografia - A professora Walkyria Ferraz nasceu em Curitiba (PR) em 23 de abril de 1932. Teve contato com a música desde a infância, pois sua mãe era pianista. Aos 13 anos ingressou no Coral da Catedral de Curitiba, e alguns anos depois tornou-se uma das primeiras alunas da Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Ainda na capital do Estado casou-se com o médico londrinense Alceu Serpa Ferraz e se afastou durante sete anos do canto, enquanto acompanhava o marido num curso de especialização em São Paulo (SP).
 
Walkyria chegou a Londrina em 1962 e recomeçou a estudar com o maestro Andréa Nuzzi com o qual fundou o grupo vocal Escala de Seda. Mais tarde, a pedido do maestro Othonio Benvenuto, trabalhou alguns anos com o Coral da Universidade Estadual de Londrina (UEL). Foi também professora de canto do Grupo Chorus, que está em Londrina desde 2001.
 
 
Vereador Gerson Araújo
 
Vereadora Sandra Graça, a Professora Walkyria Ferraz, e as vereadoras, Lenir de Assis e Elza Correia
 
 
 
Fotos: Devanir Parra/CML

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios