Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior sancionou nove leis estaduais de incentivo ao turismo no Paraná. Elas potencializam as atrações e eventos dos municípios de Arapoti, Astorga, Capanema, Faxinal, Guaratuba, Paula Freitas, Piên e Ribeirão do Pinhal.

A Feira do Melado e a Festa do Carneiro foram incluídas no Calendário Oficial de Eventos Turísticos do Paraná e transformam Capanema em referência no Sudoeste do Estado. A Feira do Melado reúne cerca de 90 mil pessoas, a cada dois anos, e ajudou a engordar o roteiro turístico Doce Iguaçu, nos arredores do Parque do Iguaçu. O município é o maior produtor de cana-de-açúcar da região. Já a Festa do Carneiro, entre março e abril, reúne competidores que disputam o prêmio de melhor carneiro assado do Paraná.

Com essas adições, a cidade que faz fronteira com a Argentina e o Rio Iguaçu se transforma em um polo gastronômico do Paraná, além da tradição já reconhecida do ecoturismo pelas ilhas, trilhas e cachoeiras que compõem o ecossistema local.

Em janeiro deste ano a cidade conseguiu a autorização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) para explorar as atrações turísticas dentro do Parque Nacional do Iguaçu, depois de 20 anos de negociações, e já conta com passeios de barco, caiaque e rafting.

SUL

As regiões Sul e Sudeste do Paraná também passam a contar com novas atrações no Calendário Oficial de Eventos Turísticos do Estado: a Festa da Melancia, em Paula Freitas, e o Encontro de Trilheiros Tombo na Lama, em Piên.

A festa da fruta se aproxima da 30ª edição, acontece em fevereiro e tem entre as principais atrações os concursos de maior melancia e maior comedor de melancias. Paula Freitas conta com quase 300 hectares de melancias plantadas e produz cerca de 7,2 mil toneladas por ano. Já o encontro de trilheiros reúne cerca de três mil pessoas e parte do Centro de Piên por um circuito de cerca de 60 quilômetros mata adentro.

Norte

Arapoti, Astorga, Faxinal e Ribeirão do Pinhal, cidades localizadas mais ao Norte do Paraná, também foram contempladas com novos eventos oficiais.

O Santuário de Nossa Senhora Aparecida, situado em Astorga, agora consta no Roteiro Oficial de Turismo Religioso do Estado do Paraná. A paróquia é de 1948. Em 1953 os padres capuchinhos se instalaram na região e pouco depois, em 1962, foi inaugurada a nova igreja. O Santuário recebe os fiéis que não conseguem ir ao Santuário Nacional de Aparecida, em São Paulo, e se tornou ponto de peregrinação e excursão no Paraná.

Em Arapoti foi instituída a Rota do Mel, criada para incentivar a produção, desenvolver o turismo e a geração de renda. A cidade conta com mais de 30 mil colmeias capazes de produzir mil toneladas de mel por ano. A rota também incentiva o desenvolvimento da Cooperativa Arapomel, criada em meados de 2018 para auxiliar 120 famílias da região.

Cachoeiras

Outra lei institui a Rota das Cachoeiras de Faxinal, que engloba quatro cachoeiras (a mais alta com 62 metros), um salto de 125 metros, um véu de noiva e um cânion com florestas nativas e trilhas ecológicas. A cidade tem 108 cachoeiras com mais de cinco metros de altura. Por ali passam entre 180 mil e 200 mil turistas a cada ano.

O cânion de 10 quilômetros deve ser transformado em Área de Preservação Ambiental (APA), o que permite o tombamento pelo município para que o espaço desenvolva ainda mais o seu potencial turístico, dentro dos parâmetros legais de cuidado com a natureza.

Por fim, a Festa Folia de Reis, em Ribeirão do Pinhal, passou a fazer parte do Calendário Oficial de Eventos Turísticos. A festa já completou 80 anos e reúne a cultura portuguesa oriunda de Minas Gerais. A peregrinação começa em 27 de dezembro e se encerra no dia 6 de janeiro, depois dos foliões percorrerem a cidade com bandeiras para pedir as bênçãos aos Santos Reis.

Litoral

Guaratuba, no Litoral do Estado, ganhou a Rota Turística Caminho Coroados. A rota é composta por trilhas, manguezais e passeios de barco. A praia ainda é pouco explorada pelo turismo e costuma receber apenas um número moderado de visitantes ao longo do ano. O intuito da nova lei é potencializar os pontos turísticos e a infraestrutura da região para atrair mais pessoas para Coroados.

Turismo

A Secretaria de Comunicação e Cultura do Paraná desenvolveu em conjunto com a Paraná Turismo a página http://www.viajeparana.com/, para concentrar as informações sobre as possibilidades de turismo no Estado. A campanha atende a determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior de priorizar a divulgação de opções de turismo como forma de fomentar a economia do Paraná.

As leis foram sancionadas na quinta-feira (21.03) e publicadas no Diário Oficial da sexta-feira (22).

AEN

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.