Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Documento divulgado pelo Ministério do Turismo revela novo número de municípios turísticos do estado. Ferramenta de mapeamento dos municípios permite direcionamento mais eficaz das políticas do setor

O mapa do turismo do Paraná mudou. O estado reduziu de 261 para 224 o número de municípios participantes de suas 14 regiões turísticas. O levantamento foi divulgado pelo Ministério do Turismo, em Brasília. Em todo o país, foram identificados 2.175 municípios em 291 regiões turísticas.

Para o ministro interino do Turismo, Alberto Alves, este redimensionamento contribui para melhorar a capacidade do Ministério do Turismo de atuar de forma coordenada com os estados, regiões turísticas e municípios, para desenvolver e consolidar novos produtos e destinos turísticos.

“Com um mapa mais enxuto e que retrata de forma mais fiel a oferta turística brasileira, poderemos focar nossos esforços e otimizar nossos resultados, afirmou.

Para a atualização do mapa, foram realizadas oficinas e reuniões em todas as 27 UFs e a validação do mapa foi feita pelos estados e Distrito Federal em seus respectivos Fóruns ou Conselhos Estaduais do Turismo.

SOBRE O MAPA - O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas, tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros.

CATEGORIZAÇÃO DO NOVO MAPA DO TURISMO – Os 224 municípios do Paraná presentes no Mapa do Turismo se dividem em 5 categorias, de acordo com a Categorização dos municípios das Regiões Turísticas do Mapa do Turismo Brasileiro. O instrumento, elaborado pelo MTur, identifica o desempenho da economia do turismo para tornar mais fácil a identificação e apoio a cada um.

Dentro da metodologia, as cidades contempladas nas categorias A, B e C contam com 95% dos empregos formais em meios de hospedagem 87% dos estabelecimentos formais de meios de hospedagem, 93% do fluxo doméstico e têm fluxo internacional. O conjunto de municípios dos grupos D e E, reúnem características de apoio às cidades geradoras de fluxo turístico. Muitas vezes são aquelas que fornecem mão de obra ou insumos necessários para atendimento aos turistas.

Confira como ficou a categorização do mapa do turismo do Paraná:

CATEGORIA

2013

2016

DIFERENÇA

A

2

2

0

B

9

9

0

C

32

31

-1

D

157

138

-19

E

61

44

-17

TOTAL

261

224

-37

Abaixo a lista das regiões e municípios que compõem o mapa do estado

REGIÃO TURÍSTICA

MUNICÍPIO

Campos Gerais

Carambeí

Castro

Jaguariaíva

Palmeira

Piraí do Sul

Ponta Grossa

Sengés

Telêmaco Borba

Tibagi

Ventania

Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu

Céu Azul

Entre Rios do Oeste

Foz do Iguaçu

Guaíra

Itaipulândia

Marechal Cândido Rondon

Matelândia

Medianeira

Mercedes

Missal

Pato Bragado

Santa Helena

Santa Terezinha de Itaipu

São Miguel do Iguaçu

Serranópolis do Iguaçu

Terra Roxa

Corredores das Águas

Alto Paraíso

Altônia

Ângulo

Atalaia

Cianorte

Colorado

Diamante do Norte

Icaraíma

Iguaraçu

Itaguajé

Ivatuba

Loanda

Lobato

Mandaguaçu

Mandaguari

Marialva

Marilena

Maringá

Munhoz de Melo

Nova Esperança

Nova Londrina

Ourizona

Paiçandu

Paranacity

Paranavaí

Porto Rico

Querência do Norte

Santa Fé

Santo Inácio

São Jorge do Ivaí

São Jorge do Patrocínio

São Pedro do Paraná

Terra Rica

Umuarama

Ecoaventuras Histórias e Sabores

Araruna

Barbosa Ferraz

Boa Esperança

Campina da Lagoa

Campo Mourão

Corumbataí do Sul

Engenheiro Beltrão

Farol

Fênix

Goioerê

Juranda

Luiziana

Mamborê

Moreira Sales

Peabiru

Quinta do Sol

Terra Boa

Ubiratã

Entre Morros e Rios

Altamira do Paraná

Boa Ventura de São Roque

Cândido de Abreu

Iretama

Manoel Ribas

Mato Rico

Nova Tebas

Palmital

Pitanga

Rio Branco do Ivaí

Roncador

Santa Maria do Oeste

Turvo

Lagos & Colinas

Campo Bonito

Candói

Catanduvas

Diamante do Sul

Foz do Jordão

Guaraniaçu

Ibema

Laranjeiras do Sul

Nova Laranjeiras

Pinhão

Porto Barreiro

Quedas do Iguaçu

Reserva do Iguaçu

Rio Bonito do Iguaçu

Três Barras do Paraná

Virmond

Litoral do Paraná

Antonina

Guaraqueçaba

Guaratuba

Matinhos

Morretes

Paranaguá

Pontal do Paraná

Norte do Paraná

Alvorada do Sul

Arapongas

Assaí

Bela Vista do Paraíso

Centenário do Sul

Ibiporã

Londrina

Lupionópolis

Pitangueiras

Porecatu

Primeiro de Maio

Rancho Alegre

Rolândia

São Jerônimo da Serra

Sapopema

Sertanópolis

Tamarana

Norte Pioneiro

Arapoti

Bandeirantes

Cambará

Carlópolis

Ibaiti

Jacarezinho

Ribeirão Claro

Ribeirão do Pinhal

Siqueira Campos

Tomazina

Riquezas do Oeste

Assis Chateaubriand

Boa Vista da Aparecida

Capitão Leônidas Marques

Cascavel

Corbélia

Formosa do Oeste

Iguatu

Jesuítas

Lindoeste

Maripá

Nova Aurora

Palotina

Quatro Pontes

Santa Tereza do Oeste

São Pedro do Iguaçu

Toledo

Rotas do Pinhão

Araucária

Balsa Nova

Campo Largo

Campo Magro

Cerro Azul

Colombo

Curitiba

Lapa

Mandirituba

Piên

Pinhais

Piraquara

Quatro Barras

Rio Negro

São José dos Pinhais

Tijucas do Sul

Terra dos Pinheirais

Bituruna

Fernandes Pinheiro

Guarapuava

Irati

Mallet

Porto Vitória

Prudentópolis

Rio Azul

São Mateus do Sul

União da Vitória

Vale do Ivaí

Apucarana

Arapuã

Ariranha do Ivaí

Bom Sucesso

Borrazópolis

Califórnia

Cambira

Faxinal

Godoy Moreira

Ivaiporã

Jardim Alegre

Lidianópolis

Lunardelli

Marilândia do Sul

Rio Bom

São João do Ivaí

Vales do Iguaçu

Ampére

Barracão

Boa Esperança do Iguaçu

Bom Jesus do Sul

Bom Sucesso do Sul

Capanema

Chopinzinho

Coronel Domingos Soares

Coronel Vivida

Cruzeiro do Iguaçu

Dois Vizinhos

Francisco Beltrão

Itapejara d'Oeste

Mariópolis

Nova Prata do Iguaçu

Palmas

Pato Branco

Pérola d'Oeste

Pranchita

Realeza

Renascença

Salgado Filho

Santa Izabel do Oeste

Santo Antônio do Sudoeste

São Jorge d'Oeste

Boa prática

O Tribunal de Contas da União e o Senado Federal reconhecem o Mapa do Turismo Brasileiro como um instrumento de gestão para orientar a gestão no desenvolvimento de políticas públicas regionalizadas e descentralizadas. A atualização constante do documento se torna, portanto, fundamental para que esse instrumento seja eficaz e respeite os princípios de eficiência da Administração Pública.

Asimp/MTur

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios