Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

A partir de 8 de dezembro e até 18 de fevereiro do ano que vem, o local estará aberto de quarta-feira a segunda-feira (fechado apenas nas terças-feiras para manutenção), das 8h30 às 15h30. Iniciativa pretende dar vazão ao número de visitantes que aumenta consideravelmente durante essa época

O Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, vai atender o público em horários diferenciados durante essa temporada de verão. A partir de 8 de dezembro e até 18 de fevereiro do ano que vem, o parque estará aberto de quarta-feira a segunda-feira (fechado apenas nas terças-feiras para manutenção), das 8h30 às 15h30. Estará aberto, inclusive, nos feriados de Natal e Ano Novo e na terça-feira de carnaval (13 de fevereiro).

 “Historicamente esse período é o que tem mais demanda de visitantes e por isso vamos trabalhar em esquema de plantão todos os dias para melhor atender a população”, explica o diretor de biodiversidade e áreas protegidas do IAP, Guilherme Vasconcellos.

Durante esse período, grupos menores de 15 pessoas não precisarão fazer o agendamento prévio com guias, que também trabalharão em esquema de plantão para atender todos os visitantes. O valor que será cobrado diretamente pelos guias é de R$ 10 para cada visitante.

Já grupos acima de 15 pessoas devem realizar o agendamento da visita com 10 dias de antecedência através do e-mail do parque e a contratação do guia. Nesse caso, o valor pode variar de acordo com o guia contratado.

Capacidade

Mesmo estando aberto durante a temporada, a Unidade de Conservação pode encerrar as atividades de visitação assim que atingir sua capacidade máxima (800 pessoas por dia). “É importante que as pessoas cheguem cedo para aproveitar o dia no parque e também garantir sua visita. Se atingirmos a capacidade máxima precisamos fechar para garantir que não ocorram prejuízos ao ecossistema do local”, explica Juarez Baskoski, gerente do parque.

Parque

O Parque Estadual de Vila Velha tem como gestor o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e foi criado em 1953 para preservar as formações de arenito e os campos nativos do Paraná. Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, tem mais de 3 mil hectares e diversas atrações, entre elas os Arenitos, Furnas e a Lagoa Dourada.
Entre a fauna do parque, já foram encontradas muitas espécies endêmicas e ameaçadas de extinção, como o lobo-guará, bugio-ruivo, tamanduá-bandeira, jaguatirica e aves como a andorinhão, águia-cinzenta, papagaio-de-peito-roxo, galito, caminheiro-grande e noivinha-de-rabo-preto.

Serviço

Dias de visitação: De quarta à segunda -feira, finais de semana e feriados

Horário de visitação: das 8h30 às 15h30, com permanência permitida até as 17h30.

O Parque fecha ao atingir a capacidade máxima (800 pessoas por dia).

Localização: BR-376, km 515 - Jardim Vila Velha, Ponta Grossa – Paraná.

Ingressos: R$ 10 para Arenitos e R$ 8 para Lagoa Dourada e Furnas, além do valor do guia que deve ser contratado diretamente.
Meia entrada para estudantes brasileiros mediante apresentação de carteirinha, funcionário público, doadores de sangue e moradores de Ponta Grossa com apresentação de comprovante de residência. Menores de 6 anos e acima de 60 não pagam.

Asimp/IAP

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.