Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.
Turismo 07/10/2014  15h24

Parques brasileiros na pauta do turismo

O Ministério do Turismo participa de encontro promovido pelo Instituto Semeia e Arq.Futuro para discutir a importância, desafios e oportunidades dos parques e unidades de conservação

O Brasil possui hoje 69 parques nacionais, 313 unidades de conservação e centenas de parques estaduais e municipais, urbanos e não-urbanos, em seu território. Somente a cidade de São Paulo concentra mais de 100 parques municipais, que garantem um espaço de lazer, bem-estar, ideais para a prática de esportes e atividades físicas para os moradores de seu entorno e visitantes.

Para discutir a criação de espaços públicos atraentes, seguros, economicamente viáveis, e que se conectem à vida e ao cotidiano das pessoas, a Organização Não Governamental (ONG) Semeia e a Arq.Futuro promovem nesta terça-feira (07), o ciclo de debates “Parques do Brasil: modelos de gestão, oportunidades e exemplos que inspiram”, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

O secretário Nacional de Políticas de Turismo do Ministério de Turismo, Vinicius Lummertz, participará do evento. “O Ministério do Turismo defende a gestão e o desenvolvimento dos parques e espaços públicos de forma que possa proporcionar uma melhoria na qualidade de vida dos moradores locais e turistas, com promoção da cultura e cuidados com o meio ambiente e também com as atividades que possam agregar emprego e renda às comunidades que vivem no entorno”, disse ele.

O MTur abriu uma chamada pública para destinar um total de R$ 3 milhões divididos em projetos que estimulem a produção artesanal, cultural ou agroindustrial de comunidades de 94 municípios localizados no entorno de 12 parques nacionais. Estes municípios também devem receber, a partir do ano que vem, cursos de qualificação através do Pronatec Turismo Desenvolvimento Local, com o objetivo de capacitar artesãos, produtores locais e agricultores familiares que atuam no setor turístico para lidar com o aumento da demanda.

O evento, que pretende abordar os desafios na gestão destes espaços, possibilidades de investimentos e as experiências já realizadas em outros países, terá a presença de convidados como o presidente da ONG americana Project for Public Spaces, Fred Kent, um movimento que fomenta a criação de espaços vitais para as sociedades, através da conexão de ideias, pessoas e instituições.

Amanda Lavor/Asimp/MTur

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.