Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

Pesquisa do Ministério do Turismo revela a intenção de viagens das turistas brasileiras e aponta que elas viajam mais sozinhas do que os homens

No turismo brasileiro, as mulheres são uma parcela importante dos viajantes que, a cada ano, descobrem novos destinos nacionais. As mulheres criaram asas e querem desbravar o país sem medo. E 17,8% delas, o farão sozinhas. Esse foi o resultado da pesquisa Sondagem do Consumidor - intenção de viagem divulgada nesta quarta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, pelo Ministério do Turismo. O índice é o maior dos últimos 10 meses e é superior a intenção entre os turistas do sexo masculino, 11,8%.

Aliás, é a vontade de conquistar o mundo que tem inspirado cada vez mais mulheres a viajarem sozinhas. O que importa para elas é o desejo de viver novas aventuras independe de ter ou não uma companhia. Não à toa, a hashtag ‘RespeitaAsViajantes’ foi a escolhida para ser usada nas redes sociais do Ministério do Turismo neste 08 de março. Segundo recente levantamento feito pelo site Airbnb, o Brasil está entre os cinco países com mais mulheres que viajam por conta própria para outros países, junto a Japão, Taiwan China e Rússia.

“É importante lutar pelo empoderamento das mulheres e temos que trabalhar para garantir a segurança das nossas viajantes”, avaliou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Recentemente, a Agência de Notícias do Turismo produziu uma série de reportagens e contou a história de mulheres que decidiram deixar de esperar por companhia para viajar e se jogaram na estrada. Caso da paraense Tayná Campos que viaja sozinha desde 2015. Desde então, a servidora pública de Santarém (PA) já conheceu alguns dos mais bonitos destinos nacionais: Barreirinhas - onde ficam os Lençóis Maranhenses - e Alcântara, ambos no Maranhão, Foz do Iguaçu (PR), além de cidades em Minas Gerais e no Rio de Janeiro.

Para Tayná, um dos desafios para iniciar a experiência é superar o próprio medo. “A violência que eu posso sofrer aqui, infelizmente poderia sofrer também entre o caminho de casa para o trabalho. A mulher que viaja sozinha deve tomar precauções, e geralmente são as mesmas que já tomamos diariamente nas nossas próprias cidades”, comenta.

Perfil da viajante

Ainda segundo a Sondagem do Consumidor, 62,4% das mulheres que pretendem viajar nos próximos seis meses escolherão destinos nacionais e o Nordeste é a região preferida delas. Para o deslocamento, o meio de transporte preferido é o avião com 71,4% e o carro é apontado como opção por 19,3%.

Entre as turistas que irão viajar acompanhadas, os cônjuges (41,5%) são os mais citados, seguidos dos filhos (22,9%) e demais acompanhantes (35,6%). Na hora de escolher a hospedagem, 56,1% devem escolher hotéis e pousadas, enquanto 30% deverão optar pela casa de amigos e parentes.

Sobre a pesquisa

A Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem é uma pesquisa realizada em mais de 2 mil famílias em sete capitais brasileiras: Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Asimp/MTur

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.