Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O ano de 2020 foi um ao muito difícil para o Turismo, com o fechamento de estabelecimentos e paralisação do segmento de eventos e outras atividades, por conta da Pandemia Covid 19. Todavia, foi um ano especial para a criação de parcerias e estratégias de desenvolvimento, de forma criativa e dinâmica.

Conforme a Turismóloga do Município, Flávia Galbero Costa, “pode-se destacar o Seminário Regional de Turismo Rural, organizado pelo município de Rolândia em parceria com o IDR Paraná, em formato on line, tendo a participação de mais de 40 municípios do Paraná, e de outros estados, além dos gestores estaduais das áreas de agricultura e turismo. A partir deste evento foi possível ampliar o diálogo em torno do desenvolvimento do Turismo Rural, e da possibilidade de trazer para Rolândia o Projeto Acolhida na Colônia, como a primeira experiência no Paraná. Com relação a este segmento, também foi criada uma rota ciclística regional: o Circuito Pé Vermelho, do qual fazem parte os municípios de Londrina, Cambé, Rolândia, Arapongas, Tamarana, Jataizinho e Ibiporã”.

Além do Turismo Rural, ganhou destaque a questão da preservação do patrimônio histórico e de locais com potencial turístico, como a réplica do Hotel Rolândia, cuja obra já está licitada, com previsão de início em janeiro de 2021, e os armazéns da antiga estação ferroviária, sendo o armazém menor objeto de proposta em análise no Portal de Convênios, e o armazém maior em fase de autorização de cessão de uso pelo Governo Federal. Estes espaços, junto ao Museu Municipal, inaugurado em junho de 2019, formarão um grande complexo cultural e turístico, transformando a área central de Rolândia e trazendo muitos visitantes, assim que a pandemia estiver controlada.

Foram iniciados vários projetos e atividades, que terão continuidade em 2021, como: a elaboração de uma cartilha sobre a história, a cultura e o patrimônio material e imaterial de Rolândia, para ser distribuída e trabalhada nas escolas, além de ser publicada no site do município; o cadastramento de empresas e atrativos, por meio da Lei 3932/2019, que cria o quadro oficial de empreendimentos turísticos; o projeto Turismo Rural e Oportunidade de Negócios, com a orientação de produtores de economia familiar, interessados em ter o turismo como alternativa de renda em sua propriedade; e a atualização do Inventário da Oferta Turística, dentre outros.

Estão sendo realizadas, ainda, ações em parceria com o Conselho Municipal de Turismo - COMTUR, Comissão de Municipal de Preservação Histórica de Rolândia – COMPHIR, e Câmara Técnica de Turismo do CODESE, como a confecção de placas de conscientização ambiental e placas indicativas e de orientação, para serem instaladas na estrada São Rafael e adjacências, e a atualização do Plano Municipal de Turismo.

NCPMR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios