Digite pelo menos 3 caracteres para uma busca eficiente.

O ano de 2020 foi um ao muito difícil para o Turismo, com o fechamento de estabelecimentos e paralisação do segmento de eventos e outras atividades, por conta da Pandemia Covid 19. Todavia, foi um ano especial para a criação de parcerias e estratégias de desenvolvimento, de forma criativa e dinâmica.

Conforme a Turismóloga do Município, Flávia Galbero Costa, “pode-se destacar o Seminário Regional de Turismo Rural, organizado pelo município de Rolândia em parceria com o IDR Paraná, em formato on line, tendo a participação de mais de 40 municípios do Paraná, e de outros estados, além dos gestores estaduais das áreas de agricultura e turismo. A partir deste evento foi possível ampliar o diálogo em torno do desenvolvimento do Turismo Rural, e da possibilidade de trazer para Rolândia o Projeto Acolhida na Colônia, como a primeira experiência no Paraná. Com relação a este segmento, também foi criada uma rota ciclística regional: o Circuito Pé Vermelho, do qual fazem parte os municípios de Londrina, Cambé, Rolândia, Arapongas, Tamarana, Jataizinho e Ibiporã”.

Além do Turismo Rural, ganhou destaque a questão da preservação do patrimônio histórico e de locais com potencial turístico, como a réplica do Hotel Rolândia, cuja obra já está licitada, com previsão de início em janeiro de 2021, e os armazéns da antiga estação ferroviária, sendo o armazém menor objeto de proposta em análise no Portal de Convênios, e o armazém maior em fase de autorização de cessão de uso pelo Governo Federal. Estes espaços, junto ao Museu Municipal, inaugurado em junho de 2019, formarão um grande complexo cultural e turístico, transformando a área central de Rolândia e trazendo muitos visitantes, assim que a pandemia estiver controlada.

Foram iniciados vários projetos e atividades, que terão continuidade em 2021, como: a elaboração de uma cartilha sobre a história, a cultura e o patrimônio material e imaterial de Rolândia, para ser distribuída e trabalhada nas escolas, além de ser publicada no site do município; o cadastramento de empresas e atrativos, por meio da Lei 3932/2019, que cria o quadro oficial de empreendimentos turísticos; o projeto Turismo Rural e Oportunidade de Negócios, com a orientação de produtores de economia familiar, interessados em ter o turismo como alternativa de renda em sua propriedade; e a atualização do Inventário da Oferta Turística, dentre outros.

Estão sendo realizadas, ainda, ações em parceria com o Conselho Municipal de Turismo - COMTUR, Comissão de Municipal de Preservação Histórica de Rolândia – COMPHIR, e Câmara Técnica de Turismo do CODESE, como a confecção de placas de conscientização ambiental e placas indicativas e de orientação, para serem instaladas na estrada São Rafael e adjacências, e a atualização do Plano Municipal de Turismo.

NCPMR

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!


Deixe seu comentário:

Aceita receber as novidades do Jornal União em seu e-mail?
* todos os campos são obrigatórios

Utilizamos cookies e coletamos dados de navegação para fornecer uma melhor experiência para nossos usuários. Para saber mais os dados que coletamos, consulte nossa política de privacidade. Ao continuar navegando no site, você concorda integralmente com os termos desta política.